O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

um sorriso para Platero


10 comentários:

frAgMentus disse...

li algures por aqui que o meu amigo andava stressado...ora sente-se neste banquinho da minha praia e descanse, antes das roseiras desabrocharem :)

João de Castro Nunes disse...

Eu faço companhia. JCN

platero disse...

Fragmentus

de sorrisos para ti, à beira-Mar,
um saco deles

JCN

"Bullyng político para mim é uma descoberta. Uma originalidade, embora "enxertada", que me agrada.

aconselho-o a reler o comentário com que se dignou mimosear-me

baal disse...

ou sou maluco (o que é mais que possível) ou acho que a fausta è uma 'caija' muita boa. o jcn esse fascista tenham dó.

João de Castro Nunes disse...

Eu não diria "possível", senhor BAAL, mas "provável". Inequivocamente. Longe de mim... contraríá-lo! JCN

Fausta disse...

Intelectualóides como têm a mania que são, também devem ser muita lindos, devem! De olhar e cair p´ró lado!

Fausta disse...

E parem de me invocar a mente!

João de Castro Nunes disse...

O meu caro amigo PLATERO deve estar a confundir-me com alguém... que não sou eu. Só pode!... JCN

Fausta disse...

Ah! És a Esmeralda? A caija que parece uma tábua? Tá boa!

João de Castro Nunes disse...

Ó BAAL, vai chamar fascista ao diabo que te carregue! Não achas que para Setúbal... chega um Bocage? Tem senso, pá! JCN