O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Hoje, 18 h, Jornada em prol dos Direitos dos Animais e do Bem do Planeta



Hoje, 3ª feira, dia 9, pelas 18 h, será exibido no Anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa o documentário "Meat the Truth - Uma Verdade Mais Do Que Inconveniente", que mostra o impacto da indústria da carne sobre o aquecimento global e o sofrimento dos animais. Uma verdade encoberta pela nossa ignorância e pelos grandes interesses económicos que devastam a vida e o planeta.

No final haverá um debate, moderado pela Drª Maria João Coutinho, com a presença de Pedro Sena, do Partido Pelos Animais, e de Paulo Daniel, da Associação Vegetariana Portuguesa.

Vejam e reflictam por vocês mesmos. A entrada é livre.

Eu estarei em directo na SIC Mulher, entre as 19 e as 20 h, para falar dos Direitos dos Animais, em representação do Partido pelos Animais, junto com Miguel Moutinho, da Associação Animal, e o actor Heitor Lourenço.

"Este livro é contra a tirania dos animais humanos sobre os não-humanos. Esta tirania provocou e provoca ainda hoje dor e sofrimento só comparáveis àqueles resultantes de séculos de tirania dos humanos brancos sobre os humanos negros. A luta contra esta tirania é uma luta tão importante como qualquer das causas morais e sociais que foram defendidas em anos recentes" - Peter Singer, Libertação Animal, Prefácio à edição de 1975, Porto, Via Óptima, 2008, 2ª edição, p.I.

2 comentários:

platero disse...

Vou tentar acompanhar
Bom sucesso, abraço

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.