O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


segunda-feira, 8 de junho de 2009

Ganhou a abstenção. Continuamos a ser democraticamente governados pela minoria.

16 comentários:

Maria Ana Silva disse...

é, o 'Partido da Abstenção' vencedor foi o único que não gastou dinheiro nenhum com a campanha, não insultou ninguém e não disse uma única mentira.

É o maior. :)
Que o digam os açorianos.

"estou na Lua"! disse...

Não tenho acesso à informação! Não sabia que havia eleições!!! Estou aqui sem estar...

Olhos bem abertos disse...

E falam de legitimidade democrática!... Os 30 e tal por sempre dos ditos vencedores correspondem apenas a cerca de 10% de todo o eleitorado! É preciso que se diga isto em todo o lado, porque tudo conspira para o calar. E neste blog enxameado de líricos fúteis ninguém repara nesta imensa verdade!

Maria Ana Silva disse...

hoje alguém acordou mal disposto - mais um.
ousar a acordar a boa disposição dos outros é que há tão poucos.

Maria Ana Silva disse...

mas sim, nada como continuar a bater no 'povo ceguinho'... adormecido numa rotina que não a dele. esquecido da luz da Sua retina.

Anónimo disse...

Quem se abstém tem a responsabilidade ética de ser alternativa a isso de que se abstém.

Maria Ana Silva disse...

a nossa responsabilidade é mais do que ética, pois somos antes dela.

Irrelevante disse...

Seria bom ver-te fazer mais do que jogos de palavras. Já agora lê a "Carta sobre o Humanismo", de Martin Heidegger, para perceberes o que é a ética e a sua relação com o ser...

Maria Ana Silva disse...

Aí está. Não jogo com palavras: jogo-me.

Anónimo disse...

!

Maria Ana Silva disse...

sempre mais simples, é sempre tão mais simples do que nos (des)habituámos.

baal disse...

ganhou o desencanto. não é fácil acreditar, muito menos nestes políticos, mas é vê-los, aos mais velhos, chegarem-se às urnas, lembrando-se dos tempos em que pela primeira vez ganharam o direito de votar (25/74), por eles e pelos meus alegro-me, por mim entristeço-me por um país que definha.
jogo dobrado contra singelo, o jogo é a vida, só espero que não seja a roleta russa.

Anónimo disse...

A vida é uma roleta russa, também chamada roda do samsara... Mais tarde ou mais cedo, acabas com um tiro na cabeça.

Anónimo disse...

E o pior é que não morres.

Anónimo disse...

Podes todavia libertar-te.

Anónimo disse...

Se...