O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sexta-feira, 5 de junho de 2009

BARAKA

18 comentários:

frAgMenTUS disse...

obrgda Pedro pela 'dica'!

frAgMenTUS disse...

atenção: não confundir baraka com o obama nem buraka sound system ;)

Paulo Borges disse...

É um belo filme!

Macaca disse...

Instalamo-nos no topo do cérebro e deixamos correr o pensamento sobre o nexo que podemos dar ao que descobrimos nesta jornada.

"Que quimera é, portanto, o Homem?"

frAgMentus disse...

o Homem é busca de Sentido, em atropelamento de ser pela ânsia de poder...(resumindo, é o que considero)

Lapdrey disse...

Apenas para recordar que o notável "documentário/manifesto/grito-de-alerta" BARAKA foi assinalado neste blog - e, na altura, muito profusa e belissimamente comentado (o que poderá revisitar-se sempre com enorme proveito)- num excelente post de Ana Moreira, com data de 6 de Dezembro de 2008.
Saudações.

brevíssima:

Cara Fragmentus,
Como em todos os "enunciados", também este seu pode ser "desmontado" e "reescrito".

Assim, por exemplo, com a sua licença:

"o homem é o sentido da busca, em ânsia, pelo atropelar do poder ser".

..."mero" puzzle do pensar que se almeja lúcido...

frAgMentus disse...

Namastê, querido amigo.
Mt agradeço a reformulação!
E não sabia que na Serpente havia já um post sobre Baraka, peço desculpa pela repetição, mas na sequência dos posts anteriores, achei adequado.
Um bj amigo

frAgMenTUS disse...

400" height="364>...tb tem esta formação ;)

Sereia* disse...

De repente fez-me lembrar um outro documentário muito bom: Dances of Ecstasy

Beijos*

frAgMentus disse...

tens o link, Sereia? passa-me o link p mail, sff :) bj azul em ti

baal disse...

fragmentus, abandonaste a luta de vez? se sim, é muito triste.
namastê (enganei-me outra vez?)

Anónimo disse...

eu não sou chata, Baal? ;)
e tb já me expressei sobre o assunto...
bj

baal disse...

claro que não és, eu é que falo de mais.
tenho a sensação que qualquer dia nos encontramos.
bj. e até à vista

Anónimo disse...

eu sou chata, sim
quem sabe?!...qq dia
vou-te lendo p aqui :)

Anónimo disse...

e sim, antes 'até à vista' do q à belavista lol

baal disse...

ó anónimo, belavista chama-se tal pela beleza da vista sobre o sado, coisas da revolução edificarem o bairro social na zona mais bonita da cidade.uma pessoa é pobre mas sempre vive numa zona rica em termos de paisagem. a chatice é quando a paisagem fica muito azul e branca.

Anónimo disse...

o anónimo sou eu, a fragmentus
(estou c preguiça de fazer login)

baal disse...

pareceu-me.
estou no museu e vou sair.
hasta la vista.