O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

P´RA PULAR


de tão altos pedestais
em que por vezes nos pomos
parecemos ser muito mais
pequenos do que o que somos

8 comentários:

saudadesdofuturo disse...

Vamos mandar papelinhos de natal, Platerito?!

Vamos?

FELIZSANTASEPRAPULARARESLUZESDENATALeanonovo!


Outra sem graça!

Havemos de fazer tanta folia, que ele há-de voltar!
SOL, SOL, SOL!
Olhei para dentro do passado e vi-o regressar, o Regressado!

platero disse...

mentimos todo o ano
mas é pelos Natais
que mentimos mais
----------------------------

damo-nos em prendas
como se dá ração
aos animais

mas logo a 26
verificamos:
os sacos estão vazios
para o que resta do ano
prendas
não há mais.

mentimos todo o ano
mas é pelos Natais
que mentimos mais
.............................

prometo melhorar para a próxima, tá?

saudadesdofuturo disse...

Melhorar, como mais?

Platero, não percebeste que a ironia era dirigida a mim, não a ti, Amigo, irmão, Platero.

Não me soube exprimir!

...E esta da mentira o ano inteiro é uma grande verdade!

Um Abraço de aqui para aqui, Platero. Um abraço de mim!

platero disse...

estive a sumariar algumas das palavras-chave da season:

Paz (por vezes tb celestial)

concórdia
fraternidade
tolerância
felicidade (Eterna, em certas situações)
esperança
calor humano
amor ( quase sempre ao próximo)
próximo

olha (estás a olhar?)Saudades - daqui vai o tal beijo
pra ti práqui

Paulo Borges disse...

Elevar-se rebaixa.

Sempre sábio, Platero.

Abraço sempre festivo e já natalício!

platero disse...

Paulo

Bom Abraço de Boas Festas,
grato pelas sucessivas palavras de estímulo. O que raramente encontro.
Li há pouco tempo uma referência a uma "Pedagogia do elogio"
Não sei do que se trata. Ficou-me na memória como devendo ser uma terapêutica seguramente eficiente, em todas as idades, e não só para o ser humano

Abraço de Bom Natal

João de Castro Nunes disse...

Elevar-se rebaixa, efectivamente; mas rebaixar gratuitamente os ostros... é colocar-se abaixo deles. JCN

João de Castro Nunes disse...

"ostros" é, evidentemente, gralha por "outros". JCN