O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O Partido Pelos Animais deseja-lhe Boas Festas!



Não se esqueça de olhar pelo planeta também durante esta quadra! O PPA partilha consigo algumas ideias para um Natal amigo dos animais e do ambiente:

Luzes

Minimize a utilização de luzes na árvore de Natal e exteriores, substituindo-as sempre que possível por velas. Desligue-as sempre durante o dia e quando a família já não estiver a usufruir do espaço.

Embrulhos

Abra os presentes com cuidado, de modo a poder reutilizar os papéis de embrulho. E nos presentes que oferecer, seja criativo e dispense os papéis de embrulho comerciais! Jornais, revistas, folhetos publicitários, desenhos dos seus filhos ou netos, tecidos velhos - são muitas as possibilidades para um embrulho ecológico e original. Evite utilizar fita nos embrulhos.

Postais

Substitua os postais físicos por postais electrónicos: poupará no papel utilizado para fazer o postal e no combustível necessário ao seu transporte.

Sacos e embalagens

Durante as compras, opte por produtos que não incluam embalagens desnecessárias e recuse o saco plástico nas lojas sempre que não precisar dele.

Árvore de Natal

A maioria das árvores de Natal artificiais é feita em materiais não-biodegradáveis, não-recicláveis e, muitas vezes, tóxicos. Se já tem uma, reutilize-a pelo máximo de tempo possível, mas se tiver que adquirir uma nova, opte por uma árvore natural com raiz, que possa, depois do Natal, ser replantada num local onde tenha espaço para crescer.

Decorações

Evite comprar novas decorações de Natal, sobretudo em plástico. Reutilize e crie os seus próprios enfeites!

Evite o desperdício

O Natal é a época da solidariedade e do amor, mas em muitos casos também do excesso e do desperdício. Escolha uma abordagem diferente. Ofereça prendas feitas por si, por exemplo. Ou aposte no comércio justo, contribuindo assim para uma maior justiça económica e social.

À mesa

Não faça do sofrimento animal um dos ingredientes da sua ceia - faça uma ceia de Natal vegetariana! No blog Receitas Vegetarianas encontrará as versões amigas dos animais dos seus pratos natalícios favoritos!


www.partidopelosanimais.com

ppa-receitas-vegetarianas.blogspot.com

5 comentários:

platero disse...

Paulo

só aos amigos? e aos ditos? não há que desejar um bom Natal?
As lojas da especialidade fazem agora montes de negócios: das aranhas aos iguanas; dos pintassilgos às araras

abraço

Fausta disse...

"Minimize a utilização de luzes na árvore de Natal e exteriores, substituindo-as sempre que possível por velas."

Estou, neste momento, a pôr velas no exterior da casa. Espero que não se apaguem.

Rui Miguel Félix disse...

Grato, desejo retribuído.

Um abraço Paulo.
Boas festas!

julio disse...

Caro Platero, quanto tempo!
Saúde amigo e bom mesmo tudo...

Feliz de verdade tudo que anseie com amor e justiça...
http://julio-cavaleiro.blogspot.com/

Paulo Borges disse...

É uma triste verdade, Platero...

Abraços e Festas Felizes a todos!