O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


domingo, 20 de dezembro de 2009

"A crítica é menos eficaz que o exemplo"

"A crítica é menos eficaz do que o exemplo. É de considerar se a grande sugestão para usar da crítica nos nossos tempos e que põe em causa todos os valores consagrados, não é o resultado duma anemia profunda do acto de vontade de toda uma sociedade. Todos temos consciência de como o exemplo se tornou interdito, como o indivíduo, na sua excepção perturbadora, é causa de mal-estar. Dir-se-ia que a fraqueza, a breve virtude, a mediocridade, de interesses e de condições, têm prioridade sobre o modelo e a utopia. A par desta dimensão rasa do despotismo do demérito, levanta-se uma rajada de violência. É de crer que a violência é hoje a linguagem bastarda da desilusão e o reverso do exemplo; representa a frustração do exemplo"

- Agustina Bessa-Luís, in 'Contemplação Carinhosa da Angústia'.

Reproduzo este sagaz trecho da sagaz Agustina, agradecendo à Sofia que o publicou no Facebook.

11 comentários:

Pan disse...

O "Homem Dono do Mundo" calou o "exemplo" da sociedade ao longo dos tempos e no presente. E agora no presente o "Povo" faz o favor de irradicar "a crítica" num ápice e os espirualistas New-Age fazem favor de ajuar ao processo dessa mesma irradicação num absolutismo fundamentalista de "não há bem nem mal nem culpa".

João de Castro Nunes disse...

"Irradicar"... não existe, pá! JCN

Laura disse...

Assim é que eu gosto da Serpente.

Paulo Borges disse...

Eu também! Deve ser do Carnatal que se aproxima:

É Natal, ninguém leva a mal!

Fausta disse...

JCN, quando é que é "depois do Natal"?
Já preparou as aulas?

Fausta disse...

É exigente?

Fausta disse...

Se não for, não vale a pena.

Fausta disse...

Latim clássico?

Fausta disse...

Também pode ser neo.

Fausta disse...

Já comecei a fazer umas pesquisas.

Sem qualquer orientação.

Fausta disse...

O que significa que a sua avaliação está em risco...

Ausência de motivação e de empenhamento.