O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Já aderiu ao PILULA?

Pensar dá uma trabalheira danada!

Com o PILULA pensar passa a ser uma forma de incontinência.

Com quantas ideias se faz uma canoa?

Bastam duas ou três

Se não forem segregadas todas duma vez

Para que não doa…

E para coisas de mais elevada dimensão

Temos as fumarolas em forma de petição!

E se os convivas desconfiam que a nova refeição

É requentada num forno micro-cortical?

É um forno pequenino da boa marca Portugal!

No PILULA não há dúvidas nem interrogação,

Se lhe custam as primeiras tomas

Experimente com uma chávena de chá preto

Agarrando bem o suporte

Para não partir a porcelana…

E que tal uma fábrica lusófona de travesseiros?

A nossa capacidade inventiva não engana,

Mas não daqueles de dormir,

A dormir já a malta anda mesmo em pé e a cantar missa,

Dos que se fazem só em Sintra a preceito,

Com canela e massa estaladiça

Com uma embalagem lavrada de acordo com o acordado

No acordo ortográfico feito para adormecer quem andar acordado

Fica coisa de pasmar o mundo inteiro

E o lusófono de permeio.

E venham os bombos e os zé-pereiras

Mais os forcados amadores de Alcoitão

Tão-bala-lão, tão-balalão

Vivam as pulgas de circo e as peneiras

E os aduladores em cantochão,

Com o PILULA o Império vai mesmo para lá de Damão!

Somente ficará de fora Aveiras por estar fora de mão…

Como vê, não há melhor contraceptivo para as coisas da mente!

33 comentários:

Paulo Feitais disse...

E agora, um auto-comentário:
Grande post!

Paulo Feitais disse...

E um comentário incidental para engordar a coisa, para Inglês ver:
são dez horas, catorze minutos e vinte e sete segundos...

Paulo Feitais disse...

ooops!
Cliquei tarde demais!
De mais a mais, sempre posso clicar outra vez:
agorinha, mesmo agora, são dez horas, dezasseis minutos, os segundos não digo que é para poder clicar a tempo!

Paulo Feitais disse...

Consegui!
Mas vendo bem já não passam só dezasseis minutos das dez, agora são dezassete, enquanto não passam para os dezoito!

Paulo Feitais disse...

Que tal uma petição para fazer o tempo andar mais devagar, dentro do espaço da lusofonia?

Paulo Feitais disse...

Malandro do Einstein...
Prefiro o Zé Golias da Póvoa do Lanhoso...

Paulo Feitais disse...

Anda sempre ranhoso, mas fala Português!

Paulo Feitais disse...

Quer, dizer...
Falava! Porque já morreu...

Paulo Feitais disse...

E se algum dos tratantes achar que morreu porque falava Português...

Paulo Feitais disse...

Mas vendo bem,
pela santa de Arcozelo!
Ele morreu por causa do coisa que disse ao Tó Mouco...
E bom Português falado no arrabaldes do centro do mundo:
«Ó Tó Mouco!» - o mouco não gostava que não lhe chamassem só Tó.
E catrapuz! Se o outro não ouviu, intuiu a mangação!

Paulo Feitais disse...

O 'do coisa' era para experimentar o acordo...

Paulo Feitais disse...

Só para ver como ficam as frases...

Paulo Feitais disse...

Ufa! Com este já são 13 comentários!

Paulo Feitais disse...

Este é só para não dar azar...

Paulo Feitais disse...

E agora, um de consolação ao Paulo Bento:
Ó Paulo - que bom tratar por tu as figuras imediáticas! - Ó Paulo, se fosses treinar a selecção do Vaticano, podias ser o Paulo XVII!

Paulo Feitais disse...

Vendo bem...
Agora que o Jesus está na Luz...
Até o Papa deve ser lampião!

Paulo Feitais disse...

Ó Pinto da Costa - mais um que posso tratar por tu, agora que já tenho a carta de chofer de longo-curso - Ó Pinto da Costa, não me estava a meter contigo!

Paulo Feitais disse...

Queres que grite de mais rijo?!
Não me digas que és mou...
Quer dizer, não me digas que não és lusófono!

Rita Cardoso disse...

Ó paulo feitais, este não, este post não posso deixar de comentar: aplausos!

baal disse...

à josé mário branco ( a revolta e o ritmo.) paulo feitais não te chateies, aprende a disparar

João de Castro Nunes disse...

"Aprender a disparar"... com quem?... Contigo, ó BAAAL, que não acertas uma?!... Tens a pontaria... torta. Serás... mirolho?!... So pode! JCN

baal disse...

não te estiques jcn, é que podes ir à libia comigo mais o jorge coelho da motaengil, tomar um chá no deserto com o nosso amigo k. (não é o kafka).só disparo contra o meu ego e já agora contra fascistas.
comporta-te jcn.

Oh! Virgem Maria ! disse...

Estarei grávida!?

João de Castro Nunes disse...

Faça o teste! JCN

João de Castro Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João de Castro Nunes disse...

Os fascistas... estão-se a rir para a tua pontaria! JCN

João de Castro Nunes disse...

Ando guardado, senhor BAAAL, pelos "cinco violinos"... vindos de Angola! Para teu governo! Fora o fora! JCN

Paulo Feitais disse...

Ó Virgem Maria! O PILULA está ao Seu serviço!
Mas se tiver um rebento,
mesmo que enfermiço,
Dê-lhe o nome de Paulo Bento,
Porque Jesus, hoje, é filho do demo,
Mas há uma coisa que temo:
Vossa senhoria é da lusofonia?
Tem uma pópó com telefonia?
Veja lá se arranja uma prátria
Bem servida de iguarias e conduto
Nada de montar uma mátria
de vinho estreme e pão enxuto!

Oh! Virgem Maria ! disse...

Foi só um casto beijo! Juro!

João de Castro Nunes disse...

Se foi só isso... qual é o problema?!... JCN

Oh! Virgem Maria ! disse...

Ah, pois! E o JC há dois mil anos...

Paulo Feitais disse...

Então não deslustra a prátria!
É sentar-se à mesa e encher a mula...
E ouvir uma ópera xula
Sobre os glutões da pátria
Tocada num trrintrrintrrim
De saltar e dar ao dente
E se com a vinhaça ficar doente
Não faz mal, o que não mata engorda
amanhã ainda haverá açorda
(E se tiver dúvidas ligue para o número do PIPULA:
três-e-um-três-e-um-aqui-só-estão-três-num-trinta-e-um).

João de Castro Nunes disse...

Fazendo fé nas iniciais maiúsculas de cada linha... suponho tratar de um poema... à matroca! Assim anda... a poesia, pela rua da amargura. Que a Virgem Maria... nos acuda! JCN