O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sábado, 28 de novembro de 2009

pré-NATAL


de fantasia um dedal
de loucura uma pitada
e vais ver que o teu Natal
será hoje e não acaba

5 comentários:

João de Castro Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João de Castro Nunes disse...

Tem razão, Amigo meu:
Natal é sempre que a gente
feliz se sente e contente
desde a altura em que nasceu.

JCN

soantes disse...

Certeira, mano. Para entrar direto no mês do Natal. Abraço.

saudadesdofuturo disse...

Platero,

Daqui te saúdo e saúdo o pré- Natal que é sempre um antes do Mesmo, para ser outro depois Dele. Outro seria, afinal,se de todos fosse ensejo, de mudar o que está mal. Isto está a rimar.
Olha, Platero, não sei se te importas, mas a Dora, enviou-me este link que te pode interessar.

Vaiver:

http://ahistoriadevida.blogs.sapo.pt/72645.html

Beijo

platero disse...

JCN - grato pela quadra-resposta. soube-me melhor do que um chocolate

Soantes- é assim, mano. como o próprio Natal:
umas vezes melhor - outras nem tanto
Abraço (africano ou europeu?)

Saudades - fui ao link sugerido por Dora. história devida é um programa literário da Antena 1 - que já incluiu alguns dos meus devaneios de escrita.
lamento é não saber, ou me lembrar de Dora.

beijinho