O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

A janela


(c) Belmonte, 2005


" Um homem pode, se tiver a verdadeira sabedoria, gozar o espetáculo inteiro do mundo numa cadeira, sem saber ler, sem falar com alguém, só com o uso dos sentidos e a alma não saber ser triste" Bernardo Soares
Bom Ano!

16 comentários:

João de Castro Nunes disse...

Mais uma... do "Pessoas"! JCN

saudadesdofuturo disse...

São "poisagens" JCN!
São viagens do "Pessoas" à roda da natureza dos sentidos... È a sabedria que nos falta! JCN!
Como quem tem a "Caridade"!
Eh! JCN!...
Aquela foto não era para ser pública (lol)!
Que vergonha, JCN!
Será que sai com "saboneto"!

Irra Senhor Abade! Que com as coisas do Senhor Feitas não se brinca, ca....!:)

Quantos guardanapos e antologias de sonetos?!

Sabe que mais, JCN! Inveja! É no que dá!
Chamò Polícia!

Desculpe, Maribel, estar-me a meter com JCN no seu belísso post.
Uma bela fotografia e cinco linhas de verdade "pessoana".
Bom ano para todos, com boa disposição, começa!
Desculpem! A culpa é do Senhor Paulo dos "sonetos em guardapo"! (risos e gargalhada) Beijo, Paulo,
Vivam os Poetas à Solta!
Este é o ano deles!
2010! Até é um bonito número, para a lotaria do Platero (Bom ano! Platero!)

Ele há coisas! Senhores!!!!

Assinado: "Obscuro, mumificado desde 2009, agora renascido"!

platero disse...

saudades

ai é assim?
estás-te a rir?
foi mesmo à sexta passa que pensei nos números do Milhões. E fui logo a correr escrevê-los. Queres saber? Queres saber? Quanto pagas?
Só jogo quando houver Jackpot. Ou julgas que me contento com meia-dúzia de milhões - feito um qualquer Cristiano Ronaldo!
era só o que faltava.
Quanto ao post da Maribela (Sobreira tb ela, deve ser transtagana como nós)é toda a sabedoria do colega Bernardo que está ali em ebulição. Que mais é possível dizer, sem risco de nos queimarmos?
Bons 364 dias dias que sobram de 2010

saudadesdofuturo disse...

Sobram? Ora essa?
Faltam. Faltam sempre!
Pois por muito que se olhe à janela o "espectáculo do mundo" (fascinante Pessoa!)se se for triste sempre faltará ao mundo o que só a nós falta, não a ele!

Que sabedoria!

Lembra-me, também sem saber porquê... ou sabendo, o versos de Cecília, de quem Pessoa fugiu (vá se lá sanber porquê), quando esta lhe estava para ser apresentada. Os versos por demais conhecidos:
"Não sou alege nem sou triste, sou poeta".

Nada de nostalgias, que o dia primeiro se nos cegue em visão de tudo em tudo, em Alegria e Saudade!
Mesmo sem ganhar a lotaria!!

Beijos, Platero.

Gosto muito da fotografia e do texto. Óptimos para começar o ano.

João de Castro Nunes disse...

Ó "saudadesdofuturo", para dizer tais banalidades sobre a Sabedoria, que aliás foi a enterrar com Salomão, acha que foi caso para o "Pessoas" incomodar o Bernardo, atribuindo-lhe a autoria?!... Santo Deus! Valha-nos o senhor abade do episcopal desabafo! JCN

saudadesdofuturo disse...

JCN!

Não se ponha agora também o Senhor a apontar para mim as suas setas, porque já sabe que sou imune.

Ora sossegue um pouco de tão desassossegados ânimos e crispações.
Pessoa(s) não incomodou ninguém. Como deve saber. Nem a ele mesmo que se não achou (nem dentro de uma garrafa de bagaço nem fora dela) alguém ou algo onde coubesse a sua "Nenhuma Pessoa".

Não foi o recurso aos heterónimos para fazer a sua "pesquisa" sobre o ser e o mundo e as suas múltiplas formas de compreender a Realidade que tornaram Pessoa grande, foi também, como diz Agostinho da Silva, o ter tornado a sua vida isso que ele mesmo criou. Porque foi desse modo, prescindindo de ser "pessoa" que Pessoa foi a pessoa que admiramos.

Falo por mim, naturalmente, que também dou pouco interesse à "pessoa", em favor da obra.
Mas isso não interessa nada!

Não me venha desassossegar, Jotacê, que já não é a primeira vez que lhe tiro o "N"!

Sorrisos de Paz

João de Castro Nunes disse...

Como sempre, "saudadesdofuturo", incomparavelmente subtil... e convincente! Pouso o arco ante a sua sapiente postura. JCN

Rita Cardoso disse...

Pousa o arco, pousa!
Levanta-o é mais!
Erecto directo à saudades!
Pronto a enfiar!
Se ela deixar!

saudadesdofuturo disse...

Querida Rita,

Sempre de mau gosto as suas piadas?! Ou é só por ser ano novo? :)

Os arcos erectos não são o design apropriado para o impertinente sugerido.

Se eu fosse cigana (como a Fausta) diria: Que uma seta súbita a trespassásse mesmo que não deixasse!

Sem graça(:

Bom ano e bons trespasses.
Por mim, passo!
(lolada)

João de Castro Nunes disse...

O arco não se enfia, pá: retesa-se! Aprende a expressar-te correctamente! Isto... não é para pecos... ou pecas! JCN

saudadesdofuturo disse...

Se não fosse por estar a abusar da janela do post de Maribel, diria, JCN! que agora esteve divinal, de se lhe atirar com pétalas, não com "sétalas". (risos!)

Que coisa esta de querer retesar setas e enfiar arcos!

Esta não lembraria nem ao Pessoa(s)!JCN! Nem ao Senhor Abade!
Nem sequer à Rita Cardoso, que chegou atrasada ao Ano Novo!

Um bom ano e que as setas vos trespassem em cupidos trejeitos!

Isto começa bem, começa!(risos)

A Serpente é como o algodão, não engana!

Paulo Borges disse...

Ao menos convosco a minha alma não sabe ser triste: muito se ri!

Excelente texto e foto, Maribel!

Bom Ano!

saudadesdofuturo disse...

...É também para isso que cá estamos!...

Para fazer rir "o dono das serpentes" (risos!) como diria com o azedume dos dias menos iluminados, o Senhor de Jota Cê.

Um riso produtivo, Paulo, é do que precisamos!

João de Castro Nunes disse...

Com efeito, "saudadesdofuturo", a Serpente não engana, mas às vezes esgana! JCN

João de Castro Nunes disse...

Gracejo à parte, enoja-me a ordinarice feminina: antes as rosas que os cardos(osos)! JCN

Julio Teixeira disse...

O bom Iogue se ilumina sentado à beira do rio a ver a água passar...
Ao Homem tudo é posível, desde que não tente levar suas tralhas de ferro e barro para o céu.