O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

breve ensaio sobre a guerra no HAITI

Eu sei, eu sei, não estás em guerra
um terramoto não tem nada a ver com uma explosão atómica
-um terramoto é rebelião da Terra
contra sabe-se lá o quê

Entanto as televisões já deram:
mais danos do que trinta bombas de Hiroshima
sobre quem? sobre quê?

Não seguramente sobre a cândida memória
dos arauaques de há sete milhares de anos
sim talvez sobre o rastro de sangue
de Aristide
e sobretudo da dinastia Doc.

Milhares de mortos - dezenas de milhares de mortos
sob escombros
nos largos e nas praças
sob as pedras de um colonialismo impiedoso

Haiti, Ai de ti,
miséria só por acidente destapada
quanto mundo resta
ainda igual a ti

será para continuar
High Tea?

4 comentários:

Rui Miguel Félix disse...

.
.
.
And there was a great earthquake...
.
.
.

saudadesdofuturo disse...

Li o texto de Platero. Encheu-se me de luto a alma. Via as imagens para que Rui remte... e senti, sem remissão, o humano gemido da terra, fechada sobre os seus, aberta debaixo e de dentro dos céus escuros do tempo e do abandono terrível... As mãos de Deus, os dedos magros de deus, a boiar nas coisas que se afastam e se juntam na retina dos dias e das coisas que existem.

Rui Miguel Félix disse...

A imagem não se deve sobrepor ao texto. Antes de mais, foi o texto que me levou à imagem. E o texto, diz tudo! Tudo!

baal disse...

platero que nunca te falte a revolução.
abraço