O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

O beijo

15 comentários:

Maria disse...

Chamem-lhe beijo, ou que quiserem ... é cruel o que estão a fazer a estes seres! Só para se exibirem!!!

Rui Miguel Félix disse...

Não deixa de ser verdade, o beijo, a crueldade...

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
saudadesdofuturo disse...

Fausta! FAUSTA!

Está a ficar docinha do chocolate ou... do "veneno" das (pessoas) cobras?

Não nos devemos exibir com os seres, só para beijar! :)

É verdade que já é tempo de acabar com a crueldade para com os seres.

Um beijo.

Maria disse...

Isto também é cruel, Fausta! Mas, fizeste-me lembrar o episódio com o Pedrito de Portugal há muitos anos, em Espanha, quando um touro o feriu gravemente num testículo! Na altura ri-me! A sério! Ai tão mazinha…

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
platero disse...

RUI

Não vi o vídeo. Vi ao vivo em Moçambique muita cena de tirar o sono

E vi fotografias dum soldado desaparecido, no Norte de Moçambique, retirado, de camuflado e botas, da barriga duma Gibóia em princípio de digestão

abraço

Sereia* disse...

Caro Rui, infelizmente não consegui nem tentar abrir o video.
Embora tenha conseguido perceber a ideia do post... não consigo ver serpentes assim. Sou fraquinha :)

(embora possam haver outras mais crueis e ameaçadoras ;))

Beijos*

Anaedera disse...

"E um dia matarás a serpente, porque só morrendo nascerás"

Rui Miguel Félix disse...

Bom dia a todos!

Fico feliz por, e era essa a intenção, ter passado a ideia.

Um abraço a Maria (incisiva!), Fausta (pelo bom-humor), Saudades (p'la concórdia), Platero (pela partilha da sua história), Sereia (pela síntese) e Anaedera (pela citação).

Continuação de um exelente dia em Janeiro!

Abraços e beijos, porque não? :)

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.