O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Experiência fácil

"Experimento-me ridículo, de todas as vezes que subo a um palco."

Nielsen Földmaan

9 comentários:

Lapdrey disse...

Se transpusermos esse palco para a vida "real", a coisa ou perde toda a graça, ou fica de partir a rir.
Depende talvez apenas do sentido de lucidez e da capacidade de auto-ironia que cada um de nós tenha...

Obrigado pela "experiência fácil" e "suprema".
Abraço!

Anónimo disse...

apetece-me despentar-te
antes ou depois de subires ao palco, eis a questão

Anónimo disse...

será uma experiência fácil e, ou suprema?

Lapdrey disse...

Isso é arguir autolimitantemente: não vale para os carecas!
(Não é que eu o seja, mas estou sempre a tempo de vir a sê-lo...)

Lapdrey disse...

O "supremo" é sempre fácil "depois" de ter sido...
(Apetece-me pentear alguém: pode ser eu...!)

Anónimo disse...

deve ser um jogo interessante esse do penteia-despenteia e como não há intervenientes carecas,experiencia simultaneamente facil e suprema aposto

platero disse...

creio que li algures:

"aprender a sair de cena sem sair do palco"

mais difícil:
"sair do palco sem sair de cena"
abraço

Anónimo disse...

bom comentário Platero mas deves ser careca e portanto nem penteias nem despenteias

tempestade disse...

vai ser supremamente fácil penteá-los todos... conversa de malucos.