O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Monge de bruma

Há existências que parecem espiritualmente coexistir com a natureza como se fossem parte dela...
Sintra...uma energia especial,portal do tempo onde passado,presente e futuro se mesclam,em bruma.
O silêncio do Monte da Lua num convite à paz,ao recolhimento e reencontro de si,em si.
O mistério do ascetismo em despojamento fundido na rocha,na lagrima do horizonte e no sorriso de Deus.
O som do sino que nos relembra que é necessário redespertarmos deste sonho de ilusão tecido por samsara.
Uma cela,prisão de nós,fuga de ti...Também um leito quase-eterno que te convida a deitar.Sobressalto meu!Mais uns passos e o sofrimento,profundo,que penetra num pulsar taquicárdio que chóra,sem parar. E um anjo,abraça-a em seu calor e transmite-lhe amor.
E o monge,de bruma,aguarda-nos quase inerte,talvez sabiamente,num banco do claustro.Está,e não está...Observa,talvez para além dos sentidos usualmente percepcionados e voa,em nós,em rasgo de infinito...
Katharsis,na sensação de além que nos invade numa espécie de dormência total...Dormência?!...Pedrada espiritual,como lhe chamei.
Regressamos,a nós e ao mundo,mais cúmplices e enriquecidos na essência cósmica,Amor.
texto dedicado a olivromorreu e especialmente inspirado ao guardião do Convento dos Capuchos.
namastê

4 comentários:

frAgMentus disse...

foto Frag.:)

estar ctg, é sublime...parasensorial mesmo!!!

Kunzang Dorje disse...

abraço saudoso ao parasensorial:)

platero disse...

Procura lugares paradisíacos - não admira que produza inspiração

bjho

frAgMentus disse...

Sintra é de facto mágico, amigo Platero e os Capuchos são o meu local priveligiado; daí me fazer acompanhar por alguém tão especial.

um sorriso