O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sábado, 11 de julho de 2009

Os Estados são o preservativo dos povos

6 comentários:

baal disse...

o português é um preservativo furado, não serve para NADA. DESTRUAMO-LO!!!

Anónimo disse...

Só o português Baal? és pouco ambicioso.

pouco ambicioso disse...

Os Estados são o aborto dos povos. Não há nenhum que consiga ter um filho perfeito. Talvez seja genético...

Paulo Borges disse...

Creio que, nesta perspectiva, é positivo o preservativo estar furado... Significa que não funciona para abortar a fecundidade popular...

Madalena disse...

E que fecundidade... :D

Num bairro moderno disse...

"Muito obrigada! Deus lhe dê saúde!"
E recebi, naquela despedida,
As forças, a alegria, a plenitude,
Que brotam dum excesso de virtude,
Ou de uma digestão desconhecida.

E enquanto sigo para o lado oposto,
E ao longe rodam umas carruagens,
A pobre afasta-se, ao calor de Agosto,
Descolorida nas maçãs do rosto,
E sem quadris na saia de ramagens."

Cesário Verde