O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sábado, 18 de julho de 2009

animais domésticos

o que me incomoda nesses bichos? bem não foi um calvário eu suporto, o que me incomoda... não gosto de roçadores, um gato passa seu tempo se roçando, roçando em voçê, não gosto disso. um cachorro, o que reprovo, fundamentalmente no cachorro, é que ele late. o latido me parece ser o grito mais estúpido.
gilles deleuze

23 comentários:

aurora disse...

Confesso que não tenho grande relação com animais, a não ser com as pessoas. Mas sinto por eles o mesmo que sinto por tudo, uma identidade vital, eléctrica, que resulta do facto de todos estarmos aqui vivos sem sabermos muito bem porquê. E mesmo estranhando-os, não os mato, nem humilho, nem os cativo.

brisa inferior disse...

"Olhai por baixo da superfície; não permitais que as múltiplas qualidades de uma coisa ou o seu valor vos escapem"

Marco Aurélio, Merditações

tza ddik im disse...

Oooohhh! O Caminho do Meio, o caminho dos santos, dos justos, dos peiedosos e dos puros, o caminho-relâmpago, a via rápida para a revelação espiritual.

Kunzang Dorje disse...

É bom ouvir o latido dos cães e sentir o roçar dos gatos pois nesses momentos não me sinto tão só como me sinto muitas vezes no meio de multidões de humanos. Gostaria de citar uma história que encontrei num livro de Carlos González (Bésame Mucho):
«Estávamos no jardim zoológico e aproximámo-nos do recinto dos chimpazés. Estávamos a observá-los através de uma enorme parede de vidro, quando Xavi, o nosso filho mais novo, com três meses, começou a chorar. Um par de chimpazés aproximou-se do vidro, em direcção a ele, e colou as mãos ao vidro, tentando tocar-lhe. Um dos chimpanzés era uma velha fêmea que, quando viu que Xavi continuava a chorar, levantou o braço e ofereceu o peito ao meu bebé. Xavi deixou de chorar e a fêmea afastou-se do vidro, mantendo-se perto dele, e tentou acariciá-lo com os dedos. Quando o viu recomeçar a chorar, voltou a oferecer-lhe o peito.»

desmame disse...

"Torna-te inútil! Que não sirvas para nada, senão para o Nada que perfeitamente és."

O Colosso de Rodas

baal disse...

suporto, em compensação suporto mais, se não durar muito, o grito , não sei como se diz, o uivo para a lua, um cachorro que uiva para a lua, eu suporto mais.

o uivo para a morte.

para a morte, não sei suporto mais que o latido.


gilles deleuze

su porta disse...

"Não acontecer nada, suportá-lo e encontrar nisso o maior júbilo: a experiência mais difícil e funda."

Nunca Mais disse...

Os filósofos conseguem ser tão estúpidos!

X disse...

"A estupidez da inteligência devasta o mundo."

P(U)B

Anónimo disse...

As asneiras dos estúpidos
completa a devastação...

"A estupidez da inteligência devasta o mundo."

animal "cativo" disse...

abandonaram-me numa estrada, fui atropelado, acolheram-me, e gosto muito de estar aqui...

tabuleta disse...

VETERINÁRIO

gato maldito e vadio disse...

Abandonaram-me na estupidez, fui atropelada por uma estrada e aos sssssss vim ter aqui.
Não me acolheram nem gosto de vocês.
Estou cativa de mim neste espaço. E só. Não faço companhia a ninguém!

Gato vadio disse...

Menti numa frase, mas também não vou dizer qual.

muitos animais disse...

Há quem nos faça mal gratuitamente e por prazer. Há quem cuide de nós por altruísmo. Mas também há quem cuide de nós por egoísmo. Há quem diga que gosta de nós e nos maltrata!
Obrigada, Aurora! Não nos acolhes mas também não nos prejudicas.

todos os animais disse...

Agradecemos a todos os que cuidam de nós por bondade.
Bem hajam.

sem falar, disse...

"Todos" também são animais?

animais disse...

Isso. Cuidamos uns dos outros.

!!! disse...

Baal, não é preciso ler o que os outros escrevem para respeitarmos os animais. Eles têm dor como nós. E pronto! Isso chega! Não percebes isso? É preciso fazer um desenho?

Declaração aos animais disse...

Eu sou uma pessoa.

manuel joaquim sousa rosa disse...

eu sou um animal

Pessoa disse...

Perigoso?

manuel joaquim sousa rosa disse...

não há animais perigosos