O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


sexta-feira, 30 de julho de 2010

5 comentários:

platero disse...

tás tramado

eu tenho agora 3 a entrar em trabalhos de parto.
uma parida, cuja ninhada ainda não consegui localizar.

abraço de solidariedade

Rui Miguel Félix disse...

Notícias de última hora Platero... a 'pintada' pariu de ontem para hoje 9! no total, agora, serão... e pá :) passam dos vinte!

Abraço recebido meu amigo!

Até breve.

Já agora, caros ouvintes, dão-se, com todo o carinho, gatinhos, limpinhos e desparasitados, quem quer?

G(r)atos! :)

Rui Miguel Félix disse...

Ah! Boa sorte, e bom trabalho! :)

Anaedera disse...

Vinte gatos?!!
...
O que faz a tanto gato? E tanta gata.
Não deve ser fácil, não.
Posso ficar com um, (desde que seja fêmea)?

Rui Miguel Félix disse...

Bom dia!

Anaedera, certamente.

Para mais informações, contacte-me por favor, para o meu email de perfil.

Muito obrigado amiga.