O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Gostava de encontrar um lugar para ti
neste meu armario de absurdidades,
viver como um pato vive,
flutuar em marès feitas de aperitivos,
descalçar-me e escrever sobre a relva
e as tuas pernas,
olhar-me ao espelho numa poça qualquer
e lidar com a solidao
como uma estàtua lida com uma comichao,
ser bòia,
sem precisar de olhar para ninguem que passa na rua.

Gostava de encontrar um lugar para mim
nessa tua gaveta de reflexao descontraida,
guiando mundos com a ponta da ìris
no palco dos dentes
com deuses a fazer de clientes,
na mira da fisga da curiosidade
o barco bate asas
e adormece no chao
despido
durante a tarde
com as portas e as janelas todas abertas
para fazer corrente de lar,
como uma conversa que começou
como a imprevisibilidade de tropeçar
numa avioneta subterranea,
um citrino, um lìrio.

Gostava de construir algo imortal sobre nòs,
ilegìvel, intocàvel, inviolàvel,
numa cidade de reflexos
feita sò de corpos sem interesse
que deslizem pela musica do seu cerebro,
sem nunca pensarem,
sem jamais se compararem;
uns
entre
todos.

2010
www.movimento-xexe.blogspot.com

19 comentários:

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rmf disse...

Ninguèm tem 'assento', nem 'a' Mùsica, nem 'o' Cèrebro.

Gostava de... voar.

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
quETzalcoatl disse...

rmf, o textito xéxé foi escrito num computador francês, daí os acentozitos, perdaum!

quETzalcoatl disse...

fausta 5.0 impacto?
experimenta a nossa querida antiga casinha hehe, recomendamos óculos escuros, hamsters com hiv e espermicida, sempre! para questões de emagrecimento temos uma conta email tal como toda a gente. . .

quETzalcoatl disse...

mortoseja:

www.motoratasdemarte.blogspot.com

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rmf disse...

quETzalcoatl,
'escreves bonito'

Quanto ao resto,
olhe,
sou muito atadinho,
faz de conta que percebi.

(pausa)

Fausta, o meu alter-ego... :) só meu :) a minha piquena avelã :) ahh... :)

(silêncio)

A não alimentar carambolas, a não ter que ser forçado a escolher, optaria, por esgravatar e andar à procura, a passar a vida inteira, virtualmente a afiar os dentes!
O que escolhe quETzalcoatl?
(pode escolher a fotografia...)

(silêncio)

Fui,
mas irei de vez.
Nãa tarda muito.

(pausa)

- Descobriram-me a careca!
- Oh! A sério?
- Como foi isso possíveeel?
- Oh! Trocando-me nas falas.

(pausa)

Saudações


ps - às vezes, o melhor, é estar em silêncio... o que de certa forma, isola.

rmf disse...

"...assim foi,

isolei-me

como pena de asa

brava quando se solta."

...Creio ser particularmente belo, para que connvosco o pudesse partilhar...

O mais belo que seja,
quando belo, já não há algum.

rmf disse...

Falo de blogues,

'Ninguém' é deles personagem.

Liberdade, palavra vã.

deles é-se prisão.


Conceitos,
que os não há,
mal se visam, prosecutórios,
são esparços retalhos
que cobrem fina e densa estopa.
A informação é a errada,
nunca a última a ir a voto.

Tal qual como numa tela, se sabe por fim como se assina.
.
.
.
- Tristeza, solidão, ohh...! (exasperadamente real)
.
.
.
(passado, tás a ver, tipo, mais que meia hora e tal)


Quem em acredita?

rmf disse...

Cheguei, lá...

'Ninguém' é genial.


:)


"é bonito não é?"
Um sorriso em Autografia

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
rmf disse...

(usando e abusando outra vez desta caixa de comentário, as minhas desculpas ao autor, passei para sorrir)

:)

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
quETzalcoatl disse...

bastava ter aceite o reprovável fausta e ter carregado no botãozinho cor de laranja e convém ter um computador rápido, com anti-vírus e não estar em período laboral, ou vai parecer mal.

todo seu.

rmf, és caranguejo?

até à bista monsieurs!

Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fausta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.