O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Paródia de "CarNatal"...

(Permitam-me, Amigos, um pouquinho de ironia. Afinal não tarda aí o "CarNatal", a festa dos Serpentinos loucos, este ano com Paladar dela, (da Loucura, evidentemente. Pois cá vai em homenagem à Fausta, esperando que volte depressa a reabrir o Ferrolho que tanta falta nos faz, já que só nos fica um tal de "MeTheOritos", mas a Serpente não voltará a ser a mesma sem ela...)
;)
Pois então cá vai!
(O que a gente encontra quando não procura!...)
Sem ofensa, evidentemente, para ninguém...

6 comentários:

saudadesdofuturo disse...

Eu vi alguém a bater o pezinho, vá lá, confessem!!!

Abraços Serpentinados e "acordados"...

rmf disse...

ai sinhôres, que letra tãa piquenina... :)

Bôu a puôre os ólicos 8-)

saudadesdofuturo disse...

Ahahaha!!!
Era p´ra se num bêer :)
Tu bês bêim!!!
Mesmo sem ólicos, e oubes melhor,
e lês ainda melhor, poish sha letra é picanina, mesmo!
:)))))

Beijos e abraços Amigo.

Aqui esta paródia é mesmo para colorir, animar e lembrar os aigos, os iimigos e os indiferentes...

Que saudades do Paulo Feitais, do Manuelinho... do Casto Severo... e até (Perdoem-me os mais sensíveis)
do JCN! Jota Cê Ene!!!

E... vejam bem... até de Lapdrey
temos saudades!!!!:)

Vou-te confesar uma coisa: Tenho medo dele, mas é só dia sim, dia não...

Beijo, e continuo a brincar.
Desculpem também a "superfoleiricice" da letra,
poissss!... vá buscar os óculos e, de caminho, traga uns tampões para os ouvidos... para não ver a "letra piquenina"

É a crise!!!

Ahahaha!!!
Beijos

saudadesdofuturo disse...

Desculpem as aborrecidas gralhas. Traz, por favor, também, os óculos de apagar :)

Boa-noite.
Repousa bem, Amigo.

rmf disse...

Bôu a repousar, mas agora que falas no Paulo... sim, muita saudade, de todos... afinal, somos perto de cem...

tirei os ólicos :)

saudadesdofuturo disse...

... E bai de roda!!...