O CAMINHO DA SERPENTE

"Reconhecer a verdade como verdade, e ao mesmo tempo como erro; viver os contrários, não os aceitando; sentir tudo de todas as maneiras, e não ser nada, no fim, senão o entendimento de tudo [...]".

"Ela atravessa todos os mistérios e não chega a conhecer nenhum, pois lhes conhece a ilusão e a lei. Assume formas com que, e em que, se nega, porque, como passa sem rasto recto, pode deixar o que foi, visto que verdadeiramente o não foi. Deixa a Cobra do Éden como pele largada, as formas que assume não são mais que peles que larga.
E quando, sem ter tido caminho, chega a Deus, ela, como não teve caminho, passa para além de Deus, pois chegou ali de fora"

- Fernando Pessoa, O Caminho da Serpente

Saúde, Irmãos ! É a Hora !


segunda-feira, 9 de agosto de 2010

"Que tudo fundamentalmente mude!"

"Que tudo fundamentalmente mude! Que um novo mundo brote das raízes do humano. Que uma nova divindade reine sobre os homens, que um novo futuro se lhes abra!
Na oficina, nas casas, nas assembleias, nos templos, por todo o lado, que a metamorfose se cumpra!" - Hölderlin, "Hypérion".

E que esta nova divindade seja a consciência afectiva do Todo, a sabedoria amorosa que abrace fraternalmente todos os seres vivos!

1 comentário:

Maria Sarmento disse...

A mudança é inerente à propria condição da existência; à existência da humanidade.´Não é resultado, é Origem. Ou não é Origem é consequência do existir no mindo?
O novo brota da raiz, ainda que a raíz seja o novo eterno, o que está sempre a nascer e a morrer.
A metamorfose, é o homem a estranhar-se "bicho".

A divindade é quase sempre uma Saudade. Uma Saudade do tempo em que não havia nem mudança nem não mudança, um tempo em que todos eramos Um. É talvez disso que o Homem tem Saudades, e isso o faça mudar, e mudar a vida, metamorfosear-se constante e continuamente. Esa é a via, a viagem "iniciática" que é cada novo movimento para o novo.

Grata, Paulo, por poder estar a pensar, aqui, consigo. E a querer um mundo novo, sim. Que este, meu Amigo, Vê-se que não está bem. Continua do-ente.

Um abraço e boa semana.